« Home | O natal e a arte de criar A prefeitura municipal ... » | Tefé, cultura, governantes e governados Em meio a... » | Verão tefeense – paraíso ou pára com isso? » | Um olhar Teu olhar tão puro Tão singelo Fez-me en... » | Esta poesia é uma dedicação especial à minha filho... » | TEMPO DE ELEIÇÃO O cenário político brasileiro f... » | ASAS DO ESQUECIMENTO Asas pretas que voam O mau c... » | Princesa do Solimões Num afluente do Rio Solimões... » | O NARCISISMO DE UM PENTA A copa do mundo é uma es... » | SACO QUE ENGORDA Puxa o saco, Mela mão Quanto ma... » 

quinta-feira, janeiro 17, 2008 

Lorena

Pequena, singela beleza,
Pureza, estrela.
Brilho nos olhos,
Sorriso na boca,
Cabocla pequena,
Serena, sapeca.
É você Lorena!

A tua inocência serena,
Pequena Lorena, é o
Encanto dos meus olhos.

Lorena que brinca,
Que pula, que corre,
Lorena que foge...

Te vejo, te beijo,
Te carrego no colo,
Filha única, querida
E muito, muito amada!




Lorena II

Minha filha amada,
Incerteza querida,
Tristeza esquecida.
Vejo em você o motivo da vida.

Na tua ausência a saudade,
Tristeza e incerteza,
Todo o meu sofrimento
Acaba com a tua presença.

Amor puro e sincero,
Não vejo mistério.
É o grande segredo da vida,
O amor, filha querida.

O tempo passa e te vejo crescer,
Minha dor acabou, não quero mais sofrer.
Quero ficar perto de ti, ser feliz
E nunca mais te vê partir.

Morrerei de tristeza se um dia te perder,
Filha única e querida,
Não quero pra mim uma ferida,
A tua partida.

sua filha é linda puxou p pai ........
pox ae ai tenho chance??
p favor ...bjs

Postar um comentário

Quem é Raifran?

  • I'm Raifran Brandão Araújo
  • From Zé Doca, Ma - Tefé/Am, Brazil
  • A internet é esse fantástico mundo sem fronteiras e me sinto no dever de fazer dela um elo de comunicação entre a sociedade e a informação. Denunciar, criticar, sugerir e tudo que possa valorizar a sociedade e o espaço democrático. “Não podemos deixar que os desmandos das oligarquias políticas continuem tirando dos ribeirinhos o sonho de serem cidadãos". É preciso criar uma ruptura cultural e este espaço valoriza isso”. Sou Idealista, poeta amador, diretor e fundador do Jornal Folha de Tefé, lançado em 25/08/2007 e O Solimões.
Meu Perfil
Powered by Blogger
and Marcelo Braga